GP da Malásia 2013

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

GP da Malásia 2013

Mensagem  Ricardo Machado em Dom Mar 24, 2013 9:46 am

Sensacional... A 2ª prova do ano foi mais do que movimentada e mostrou que, pelo menos, a primeira parte da temporada promete ser muito interessante.

Massa largou mal na 2ª posição, diferente de Alonso que pulou pro 2º lugar, mas tocou na traseira de Vettel e seu bico ficou "pendurado" no carro. Alonso quis permanecer na pista, mesmo com o bico quebrado e acabou subindo no mesmo. Fim de prova pra ele e uma curiosidade: Alonso disputava seu GP de número 200, na 2ª prova do ano bateu na 2ª curva no 2º lugar e caiu fora na 2ª volta!!!

Seguindo a corrida o próximo fato inusitado foi a parada de Hamilton nos boxes da McLaren, relembrando os velhos tempos: "Sinta-se livre para aparecer e dizer "oi" a qualquer momento, Hamilton" foi o que a escuderia inglesa escreveu no Twitter após seu ex-piloto errar o "lugar da equipe" nos boxes. Brincadeiras a parte o piloto inglês não gostaria de viver a atual fase da equipe, que marcou 2 pontos no GP da Malásia com Pérez, 4 na temporada.

Depois disso, na parte final da prova vieram as brigas internas, RBR e Mercedes estavam com seus pilotos nas 4 primeiras posições( Webber 1º, Vettel 2º, Rosberg 3º e Hamilton 4º), Webber voltou do pit e Vettel não muito atrás, Vettel estava com pneus médios e Webber de duros, o alemão chegou no australiano e não aliviou nem um pouquinho... Vettel conseguiu ultrapassá-lo depois de muita luta, ao mesmo tempo Hamilton e Rosberg revesavam na 3ª e 4ª posições quando o inglês conseguiu permanecer a frente, tendo que economizar pneus e combustível o inglês aumentou seus tempos, Rosberg reclamou do inglês, mais lento, não dar passagem a ele, Ross Brawn negou o pedido de Hamilton facilitar a ultrapassagem... isso foi o bastante para começar um mal estar entre os companheiros de equipe... Hamilton chegou na frente mas pouco comemorou, um começo que poderia ter sido melhor para a Mercedes que defenderá vitória no GP da China, no dia 14 de Abril.

Um dia ainda mais difícil para a Force India, o time indiano teve um problema com as peças do pit-stop e acabou forçando seus 2 pilotos a desistirem, uma possível solução seria ter indicado os pilotos a pararem em outras equipes, como tentou Hamilton Razz Razz Razz Razz

Um destaque que não apareceu muito foi Jules Bianchi, o francês da Marussia foi bem nos treinos, ficando a meio segundo de um carro de F1, na corrida, terminou em 13º, à frente de todos os pilotos das nanicas... tem futuro o francês, na minha opinião seria um bom piloto para a Sauber, no lugar de Gutierrez, que provou mais uma vez que está na F1 por causa de Carlos Slim...

Confira a classificação do GP da Malásia de 2013:

1- Sebastian Vettel (ALE/RBR)
2- Mark Webber (AUS/RBR) - a 4s298
3- Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - a 12s1
4- Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - a 12s640
5- Felipe Massa (BRA/Ferrari) - a 25s6
6- Romain Grosjean (FRA/Lotus) - a 35s5
7- Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) - a 48s4
8- Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) - a 53s0
9- Sergio Perez (MEX/McLaren) - a 72s3
10- Jean-Eric Vergne (FRA/STR) - a 87s1
11- Valtteri Bottas (FIN/Williams) - a 88s6
12- Esteban Gutierrez (MEX/Sauber) - a 1 volta
13- Jules Bianchi (FRA/Marussia - a 1 volta
14- Charles Pic (FRA/Caterham) - a 1 volta
15- Giedo van der Garde (HOL/Caterham) - a 1 volta
16- Max Chilton (ING/Marussia) - a 2 voltas


Não completaram:
17- Jenson Button (ING/McLaren)
18- Daniel Ricciardo (AUS/STR)
19- Pastor Maldonado (VEN/Williams)
20- Adrian Sutil (ALE/Force India)
21- Paul di Resta (ESC/Force India)
22- Fernando Alonso (ESP/Ferrari)

avatar
Ricardo Machado
Piloto de Rolemã!
Piloto de Rolemã!

Número de Mensagens : 98

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: GP da Malásia 2013

Mensagem  Diehl em Seg Mar 25, 2013 9:17 pm

Me desculpem pelo "post duplo" mas...



Uma análise detalhada dos sinais corporais no GP da Malásia



Sabemos que os momentos constragedores também são os que geram o melho tipo de humor. E foi por isso que o pódio do GP da Malásia foi tão bom.

Como o excelente Axis of Oversteer bem observou, o cara que chegou em primeiro admitiu que deveria ter sido o segundo, o cara que chegou em terceiro admitiu que deveria ter sido o quarto, e o cara que chegou em segundo mergulhou de virilha (mais detalhes disso a seguir) em um festival de constrangimento. Foi impagável.

Para quem não sabe o que aconteceu na segunda corrida da temporada 2013 de Fórmula 1, o piloto principal da Red Bull, Sebastian Vettel, quebrou as regras da equipe (que não são regras da F1) e ultrapassou seu colega Mark Webber, vencendo a corrida. O segundo piloto da Mercedes, Nico Rosberg, segurou o carro para não ultrapassar seu colega Lewis Hamilton, que estava quase sem combustível. A ultrapassagem de Vettel foi controversa porque sua equipe pediu a ele para ficar em segundo, e porque Mark Webber já tinha aliviado o pé para preservar o carro e os pneus na ponta.

Então, quando Vettel se espremeu para ultrapassar Mark, quase tirando os dois da liderança (e não seria a primeira vez que teria acontecido), Mark ficou p*to, o que é perfeitamente compreensível. Mas a ultrapassagem era mesmo tão arriscada?


Depois de os dois quase esfregarem os pneus (a parte mais interessante da corrida), Mark fez o que todo homem maduro faria: mostrou o dedo do meio para Seb.


E então os dois pilotos tiveram que dividir o pódio. Vamos analisar as coisas em detalhes.


“Constrangedor”

À direita vemos Martin Brundle, ex-piloto e ex-comendador da F1, fazendo as entrevistas bem ali no pódio, minutos depois do fim da corrida. Os pilotos estão transbordando adrenalina. Ao seu lado está Lewis Hamilton, segurando a orelha porque os dois caras ao seu lado querem se matar.


Note a expressão facial de “isso vai dar m*rda” nos rostos de Brundle e Hamilton.

No meio está Sebastian Vettel, que parece menos jovial do que nunca com as mãos nos bolsos e a língua para fora. À esquerda está Mark Webber, que está “alongando” a virilha enquanto Vettel responde a uma pergunta.


Olhe mais de perto.


Note a linguagem corporal quase envergonhada de Vettel, enquanto Mark morde a língua e exibe sua virilha.


Aqui, Vettel está tentando com todas as forças não olhar para Mark. Mark, enquanto isso, continua a olhar fixamente para a parte de trás da cabeça do colega, provavelmente segurando o desejo de dar uma boa surra no jovem alemão.

Mas não pense que Mark estava sendo malvado com o pobre Vettel, que foi visto logo depois da corrida bebendo uma garrafa de lágrimas do Webber.


“Lágrimas do Webber”

Sebastian bebeu as lágrimas em resposta a Mark entrando na sala de conferência, dizendo “Multi 21, Seb… é, Multi 21″. Eis a expressão de Mark neste momento.


Note a surpresa e a confusão no rosto de Mark. Não, Multi 21 não é o complexo multivitamínico que Webber toma todas as manhãs Multi 21 é um dos códigos da Red Bull para ordens de equipe.

Agora vamos voltar para a entrevista de Mark no pódio. Os milhões de pessoas que assistiram a corrida sabiam que isso ia ser bom, e foi.


“Silêncio paciente”

Os outros dois pilotos aguardam pacientemente o mundo vir abaixo.


"A equipe me falou que a corrida tinha acabado”

Aqui, Mark está apunhalando Seb pelas costas com força, explicando que só foi ultrapassado porque a equipe pediu para ambos reduzirem a velocidade.


O que assistimos naquele momento foi um homem assumidamente derrotado. Claro eu assisti essa parte dezenas de vezes.

Enquanto Mark continuava resmungando sobre a traição de Seb, a câmera cortou para Christian Horner, diretor da equipe, ao lado de outro membro da Red Bull.


Estas não são as expressões felizes de uma equipe vencedora. Vettel também não parece muito satisfeito.


Com três títulos na bagagem, talvez Seb já esteja entediado com as vitórias, mas nunca vimos alguém tão infeliz em um pódio antes. Enquanto isso, o chefe da Red Bull, o durão e cego de um olho Helmut Marko, parecia f*dão como sempre.


Mais tarde, Marko dissem em uma entrevista: “dissemos aos pilotos para manterem suas posições, porque estávamos preocupados com a duração dos pneus, mas nessa hora devo admitir que as coisas saíram do controle… quando Vettel apareceu atrás de Mark – nessa hora não dá para falar com os pilotos.” Então ele deu de ombros e foi embora.

Depois das entrevistas no pódio vieram mais entrevistas, que foram igualmente divertidas. Esta é a cara de Mark enquanto pensa em uma resposta diplomática para uma pergunta difícil.


As perguntas continuavam se acumulando, boa parte delas a respeito da declaração anterior de Mark em relação à atitude de Vettel, “Seb tomou decisões sozinho e terá proteção, como de costume”. Mark decidiu que era hora de parar.


“Melhor eu parar agora…”

No fim, goste você de Vettel ou não, tudo o que sabemos é que Mark conseguiu alguns novos fãs na última corrida. Mas pela sua cara no pódio, o que ele queria mesmo era vencer.


Sad




Fonte: Jalopnik.
avatar
Diehl
Piloto de Stock Car
Piloto de Stock Car

Número de Mensagens : 466
PSN ID : pablodiehl


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: GP da Malásia 2013

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum