DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  G-Sports em Sab Dez 06, 2014 2:30 pm


DEAD IN MATTERHORN


Dead In Matterhorn é o meu novo projeto do GT6! É uma história escrita baseando-se no jogo tal como o Dream Road que escrevi o ano passado. Sentiria-me culpado ao abandonar o Dream Road, mas eu não estou abandonando... Em primeiro lugar, essa história era escrita utilizando o GT5 que é agora obsoleto; em segundo lugar, a história requiria muitos duelos o que era difícil de realizar considerando o número de usuários "ativos" do fórum.
Essa história pretende atrair um pouco do público antigo (pouco provavelmente público novo) e permitir que eles voltem a ficar ativos no fórum, além de claro servir como forma de eu passar o tempo escrevendo (mesmo que ninguém vá ler isso).

Atalhos:


Capítulos

Like a Star @ heaven "1988"
- Prologue [06/12/14]
Like a Star @ heaven "Quartet Foreplay"
- Part I [07/12/14]
- Part II [08/12/14]
- Part III [09/12/14]
- Part IV [10/12/14]
- Part V [12/12/14]
Like a Star @ heaven "Powerhouse" [brevemente]
- Part I
- Part II
- Part III
- Part IV

Especiais

Like a Star @ heaven My Favorite Track [brevemente]
- Part I
- Part II

Outros

Like a Star @ heaven Character Biographies


Última edição por G-Sports em Ter Dez 16, 2014 5:32 pm, editado 7 vez(es) (Razão : Atualizações)
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PROLOGUE "1988"

Mensagem  G-Sports em Sab Dez 06, 2014 3:08 pm

Olá, o meu nome é Noland Edgeworth e eu tenho 25 anos. No prólogo desta história, vou contar esse evento estranho e até agora inexplicável que aconteceu em Matterhorn antes do meu nascimento.
Tudo começa no dia 26 de outubro de 1988, isto é, uma quarta-feira. David Wilson, um até então famoso e premiado piloto de carros de rali ia começar um time trial, potencialmente batendo um recorde mundial no percurso Matterhorn Dristelen com o seu Audi Quattro Pikes Peak... e algo estranhíssimo acontece no meio do percurso! Recolhi algumas fotografias tiradas nesse dia e tentei colocá-las pela ordem correta.


Esta fotografia foi retirada para um jornal e acabou por não ser publicada devido ao inesperado.
Ela mostra David partindo com o seu carro para a linha de partida, enquanto supostamente, a sua mulher grávida e seus dois filhos mais velhos, um rapaz e uma rapariga, estavam assistindo dos pits.


Esta foi tirada por um oficial da Associação GT quando este iniciou o seu curto e breve contrarrelógio, sem ponta de ideia do que aconteceria alguns segundos depois.
Naquele dia, David tinha dito, referindo o seu filho que ainda estava por nascer...
David -"Marcarei este recorde pelo meu filho..."


Alguns investigadores que analisaram as fotografias tiradas naquele dia, disseram que esta fotografia apresentada acima poderia mostrar que o carro do piloto não estava num estado minimamente razoável, e que isso pode ter tido algum efeito ainda desconhecido no ocorrido.


Esta foto foi tirada por um espectador do público e foi oferecida aos investigadores apenas em 2001, 13 anos após isto ter acontecido. Parece que eles nunca deram muita bola para a analisar, pois tudo nela parece perfeitamente normal.


A imagem acima tem uma origem desconhecida, e foi apenas analisada para que descobrissem a origem: ainda não conseguiram identificar quem ou o que tirou uma fotografia vista do chão. Esta foi na verdade uma das fotos mais publicadas em jornais na época, embora ninguém efetivamente saiba de onde ela veio.


O tempo de David era muito bom até o momento - o recorde mundial tinha 3 segundos de atraso em relação ao tempo que estava a ser feito pelo piloto.
Segundo os jornais da época, o carro não tinha nenhuma modificação instalada, portanto não tenhamos dúvidas que se tratava de um ótimo corredor.


Pode-se observar, nesta foto tirada de um helicóptero, que estava um lindo dia com ótimas condições para o contrarrelógio, portanto o clima e mau estado do asfalto foi logo retirado de questão relativamente às causas do evento.


Esta foto foi apenas utilizada numa publicação em junho de 1995 por um jornalista, na qual ele falou sobre mistérios inexplicáveis que tinham acontecido nos últimos 15 anos - ele palpitou que o carro tivesse caído da montanha e claro, David estava morto.


Mas sem dúvidas, esta é a foto mais explorada e procurada de todas as tiradas naquele dia. Calcula-se que a foto tenha sido tirada 0,02 segundos antes do carro se envolver em fumo, que se pensa ter vindo dos pneus do carro, e desaparecer sem deixar nenhuma pista da sua existência.


Todos os espectadores ficaram a olhar para a estrada - onde estava o carro, o que tinha acontecido ao carro, será que estamos sobre o efeito de drogas? Eu mesmo me pergunto o que aconteceu naquele dia, mas quanto mais eu tento explicar, menos eu entendo.
Os jornais na época todos declararam que o piloto David Wilson estava morto e até hoje todos acreditam nisso. É possível que ele esteja morto, mas não há provas evidentes sobre isso. Deixando para trás a sua mulher grávida e com 2 filhos, David Wilson desaparece, e 26 anos depois, não mostra sinal de vida e cai no esquecimento de quase todos.
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  Pedro em Sab Dez 06, 2014 6:30 pm

Esta história é excelente que me apetece ver mais episódios do Matterhorn! Cool
avatar
Pedro
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 740
PSN ID : Várias


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" (PART I)

Mensagem  G-Sports em Dom Dez 07, 2014 10:52 am

Los Angeles, Califórnia
6 de dezembro de 2014, 23h40


Num parque perto de Los Angeles, Califórnia, está a ocorrer um encontro de corridas drag, ou seja, arrancadas. Nestes eventos, muitas pessoas encontram-se num determinado local para mostrar os seus carros, conversar, conhecer novas pessoas e claro, correr.
Está uma ótima noite, apesar de estarmos em pleno dezembro, não faz muito frio, nem chove e muito menos neva. Portanto hoje é um dia perfeito para um desses eventos, e uma organização oficial realiza-os, ou seja, eles são 100% legais.

Eu olho em volta para observar algumas coisas que se passam aqui no evento... já está menos gente do que uns minutos atrás, pois parece que já está quase a chegar ao fim. Apesar disso, ainda se observa muito movimento na rua e muitas pessoas andam no meio dos carros estacionados um aqui, outro ali; conversando, apostando, ou então até mesmo a beijar-se em cima do carro (alguém arranja um quarto para essas pessoas, por favor!). Estou muito aborrecido e não parece que a minha vez de correr esteja próxima portanto dei umas voltas ao local.


Os pilotos da suposta última corrida, que estavam ao volante de um Scirocco e de um S2000 respetivamente, estavam agora a conversar depois da corrida e fazendo planos para a próxima semana.
Condutor do Scirocco - "Ótima corrida! Correremos de novo esses dias?"
Condutor do S2000 - "Claro, dessa vez eu irei ganhar..."


Outro condutor exibe o seu Acura NSX enquanto outros indivíduos presentes no evento elogiam (e invejam...) o seu carro.
Vulto 1 - "Não acredito!"
O dono do NSX dá uma risada antes de responder.
Condutor do NSX - "Sim, e ele é 100% legítimo! Cool "
Vulto 2 - "Meu sonho de consumo..."
Vulto 1 - "Como você conseguiu ele?"

De repente, o organizador do evento anuncia um próximo duelo na ponte de corridas, chamando os corredores que irão disputar a vitória ao lugar de partida.


Organizador - "Os corredores Noland Edgeworth, #14, e Grace Moran, #7, dirigam-se agora à ponte de corridas."

Eita... é a minha vez! Eu vim ao evento essa noite porque eu nunca tinha ido a um antes, apesar disso eu vim apenas por diversão, pois retas não são propriamente o meu forte. Tinha apostado com essa mulher da minha idade chamada Grace Moran, ela tem um BMW Z8. Então acho que vai ser uma disputa justa, já que tanto o carro dela como o meu - um Impreza WRX STi de 2005 - possuem mais ou menos o mesmo poder.


Como eu não estava à espera de ser chamado agora, eu posicionei o meu carro perto do de Grace um pouco mais tarde.
Grace - "Então? Eu estive esperando. Wink "
Noland - "Oi? Perdoa-me a demora?"
Organizador - "3... 2... 1..."
Soava o ronco dos motores enquanto o organizador do evento fazia a contagem decrescente.


Organizador - "...Vai!"
Os dois carros aceleraram do ponto de partida, o meu com um ligeiro avanço.
Noland - "5.000$ dependem desta corrida... é melhor ganhar. bounce "
Grace - "Isso é o que veremos..."


Os pilotos invísiveis atacam novamente...
Fiz a maior força com o pé para que o carro acelerasse. Cinco mil ainda é um pouco, viu?
Grace - "Vou te deixar com teus 5 segundos de alegria..."


O Impreza acelerava cada vez mais e eu ganhava mais avanço. Grace estava mais longe que Júpiter.
Noland - "Haha, gosto assim! Razz "


Mas de repente, a Grace começou a ganhar velocidade muito rapidamente! O seu Z8 avançava para mim como uma chita à sua presa.
Grace - "Ui, surpresa!"
Noland - "Censurado! Vamos, você dá mais..."


Grace - "Beijo! I love you "
Noland - "Droga! Lá se vão 5.000... Neutral "


Grace passou a linha dos 50km/h que foi escolhida como meta para o evento e, assim, ganhou a corrida.
Grace - "Isso aí! "
Noland - "Retas não são meu forte mesmo..."

Organizador - "E Grace vence! Grace passa à próxima ronda do evento."
Grace foi estacionar o seu carro perto da ponte enquanto eu estacionei o meu num lugar vago no estacionamento público uns metros abaixo. Depois eu subi as escadas e procurei pela Grace, e achei-a perto do seu Z8, estacionado ao lado de um Scirocco azul.


Dirigi-me perto dela, com os 5.000$ na mão e ofereci-os.
Noland - "Tá aqui o teu prémio da aposta, durona."
Grace - "Ai meu deus... não era preciso. Surprised "
Noland - "Que não era preciso que coisa, toma logo, apostaste. Rolling Eyes "
Sem se pronunciar sobre a minha última frase ela arranca o dinheiro das minhas mãos e faz um leque com eles como se estivesse verificando se era realmente a quantia certa. Era possível ouvir ela murmurando para si mesma o que ela planeava fazer com o dinheiro.
Pensei em sair dali naquele momento, mas algo na Grace me fez estar mais algum tempo. Ela não era alta e perfeita como uma modelo, e o seu cabelo era um bocado bagunçado... mas os seus olhos, azuis-esverdeados, que reluziam à luz do luar. Ela parecia tão bonita. Fiquei durante mais algum tempo só para olhar para a sua cara. Até o momento em que ela me varreu dali para fora:
Grace - "Helloooo? Já pode ir embora. Rolling Eyes "
Noland - "Ah sim, eu, haha... não é nada, tchau."

Dirigindo-me ao meu Impreza, eu olho para o meu telefone e percebo... que já é quase meia-noite! Eu tinha me distraído aqui, tenha sido a correr, a observar a vida alheia ou a olhar para a cara de Grace. Corri até o meu carro, liguei-o e decolei em direção a casa.
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  Diehl em Seg Dez 08, 2014 2:23 pm

Até o momento a história parece ótima. Smile
avatar
Diehl
Piloto de Stock Car
Piloto de Stock Car

Número de Mensagens : 466
PSN ID : pablodiehl


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" (PART II)

Mensagem  G-Sports em Seg Dez 08, 2014 7:43 pm

Los Angeles, Califórnia
7 de dezembro de 2014, 0h15


Nick - "Donas de casa desesperadas... bosta."
Nick mudava de canal a cada programa que observava.
Nick - "Sex and The City... bosta. Repetições de Friends... bosta. Glee... meu, que censurado!"
De repente, Nick ouviu um motor de carro fora do apartamento. Um motor familiar. Um motor de um STi.


Familiar? Sim! Era eu. Uns 3 anos atrás vim morar pra L.A com Nick Skinner, que é meu melhor amigo desde que temos 11 anos. Nós sempre jogavamos Gran Turismo ou falávamos de carros juntos, e percebemos que tínhamos ambos a mesma paixão. Apesar disso, nós somos opostos polares: Eu prefiro carros que foquem principalmente na estabilidade e no controlo, enquanto que Nick prefere carros com muito poder, nomeadamente americanos, e está pouco se importando para o peso deles, até porque todos os seus carros pesam quase duas toneladas (isto é, separadamente), principalmente os clássicos.


Aproximei o meu carro para estacioná-lo perto do Mustang de Nick, que é coincidentalmente o único carro moderno que ele possui.
Noland - "Amanhã vou ter que acordar muito cedo. Já é tarde demais..."


Assim eu parei o meu carro exatamente ao lado do Mustang e desliguei-o, antes de ter aberto a porta e sair, é claro.
Noland - "Mais um dia difícil nessa vida cruel... Rolling Eyes "
Nick tinha vindo à porta do apartamento.
Nick - "Então? A esta hora?"
Noland - "Também estavas acordado, não é?"

Dirigindo-se ao interior do apartamento enquanto portava uma expressão de indiferença, ele me respondeu.
Nick - "Eu estive te esperando, portanto fiquei a ver umas coisas na televisão. O problema é que não dá nada que preste lá."
Noland - " lol! Deixou de dar Hardcore Pawn foi?"
Em reação à minha resposta ele soltou um riso sacudido.
Nick - "Noland... cala a boca que assim falas melhor."

Abrindo a porta do apartamento, eu sinto que realmente regressei ao meu lar. Sinto-me mais aconchegado e abrigado do que lá fora.
Noland - "Então, amanhã é às 7h00 ou às 8h00?"
Nick - "Eu combinei para as 7h30."
Noland - "Ah ok, então isso significa que estarás lá pelas... 10h00, sem mais."
Nick - "Como foi hoje lá no evento?"
Noland - "Os carros que vi... bosta. As pessoas que conheci... bosta. A corrida... bosta. O evento em geral... meu, que censurado!"
Nick - "Eita. Porquê?"
Noland - "Bom, falando sério, eu perdi a corrida que podia ter ganho. A uma mulher, da nossa idade, chamada Grace."
Nick desatou a rir.
Nick - "Pô, uma mulher? Laughing Quanto você apostou?"
Noland - "...Cinco mil."
Ele quase chegou a ter um ataque de riso.
Nick - " affraid Mano... Laughing cinco mil para uma mulher..."
Noland - "Chega, né? Aposto que você também perdeu contra uma mulher. Não devemos subestimá-las."
O problema com Nick é que ele era um pouco mente fechada. Ele não era racista - deve ser porque ele mesmo é negro, eu acho - mas sempre foi machista, homofóbico e em resultado do seu nacionalismo fanático, um pouco xenofóbico também. Mas eu tenho tentado mudar isso ao longo do tempo, e acho que agora ele está muito melhor do que na altura da adolescência.

Mas isso era um dos poucos defeitos de Nick ofuscado por uma maré de qualidades - ele era engraçado, sempre estava pronto a ajudar qualquer um, explicava a tudo e todos sobre mecânica, etc. - enfim, ele era um amigo multiusos. Como ele tem uma enorme experiência como mecânico, ele passa o tempo experimentando afinações novas nos seus carros e instalando peças novas para corridas ou track days. O seu Challenger R/T de 1970 atinge cerca de 800 de horsepower, e isso não é um problema para Nick (embora não se possa dizer a mesma coisa sobre mim). Ele tinha também uma paixão principalmente por Mustangs, e o seu primeiro carro foi um Mustang Fastback de 1969 que infelizmente não está mais com as rodas na terra porque o tanto que ele era puxado acabou por explodir o seu motor, mas ele ainda possui 2 Mustangs: um Mach 1 de 1971 e um Boss 302 de 2013, que é o seu principal e mais recente carro.

Nick - "Não é todos os dias que vemos mulheres a conduzir carros em circuitos ou eventos de drag."
Noland - "A sério? Eu vejo quase todos os dias. Você precisa dar uma variada no tipo de eventos que frequenta."
Isto causou um breve silêncio durante o qual eu fui encher um copo com água para beber, pois estava cheio de sede.

Nick voltou-se para mim.
Nick - "Eu preciso te mostrar uma coisa lá fora."
Noland - "Ah, por favor! Ainda agora entrei em casa."
Nick - "Ah, é rápido, anda."
Noland - " Rolling Eyes Tudo bem..."

Eu segui ele até o exterior, eu seguindo a passo e lentamente enquanto ele andou de uma forma estranha e rápida, quase como se estivesse correndo, mas sem levantar muito as pernas. Lá fora ele dirigiu-se ao estacionamento dos carros.


Mais precisamente, ele aproximou-se do seu Mustang Boss 302.
Nick - "Você precisa escutar o ruído desta maravilha."
Noland - "...Estiveste fazendo alguma coisa enquanto eu estava ausente?"
Nick - "Podes crer Wink "


Ele entrou no carro e pisou no pedal de aceleração, isso depois de o ter ligado, é claro. O ronco do carro estava diferente desde a última vez que o tinha ouvido... Parecia mais forte, como se carregasse confiança, se me pretender associar um ronco de motor a um sentimento.
Noland - "O que estiveste fazendo?"
Nick - "Uma coisa muito simples..."
Depois de soltar um riso sarcástico ele abriu o capô do carro e saiu do carro para o levantar e deixar-me dar uma vista de olhos ao motor do carro.
Nick - "Olha."
Noland - "Ah, estou a ver... agora todos os teus carros têm um sobrealimentador instalado!"
Nick - "Sim! Isso dá um impulso enorme no seu poder."
Eu já sabia que, sem sombra de dúvidas, o sobrealimentador era a modificação preferida dele... ele instalava em todos os carros em que podia instalar, pois ela era simplesmente essencial para o aumento do poder dos muscle cars que ele tanto adora.
Nick - "Isto faz-me ter a certeza sobre uma coisa."
Noland - "O quê?"
Depois de uma pausa breve, ele respondeu.
Nick - "Amanhã eu vou bater seu recorde, censurado!"
Suspect ? Pelo amor de deus...

__________
Então, o que vocês acharam da personagem de Nick?
Se vocês não gostaram, não se preocupem! Ele vai se submeter a algumas mudanças psicológicas durante a história.
Onde será que o Noland e o Nick vão no dia seguinte?
E quem será que vai ter o melhor tempo?
Amanhã eu publicarei a Part III, não percam Wink
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CHAPTER I "QUARTET FOREPLAY" (PART III)

Mensagem  G-Sports em Ter Dez 09, 2014 7:33 pm

Subúrbios de Los Angeles, Califórnia
7 de dezembro de 2014, 7h30



Ah... o circuito de Apricot Hill. O circuito localiza-se apenas a cerca de 20 minutos de L.A, o que é ótimo para mim e para o Nick. Como vamos participar numa corrida no próximo dia 8, decidimos vir praticar um pouco nesta manhã, até porque tudo rende sempre mais na véspera, não é?
Bom, ao chegar ao circuito, decidi estacionar o meu carro nas boxes, perto do de Nick. Assim quando ele saiu ele foi entrar para dentro da área de serviço, que estava quase vazia pois o circuito estava praticamente deserto esta manhã. Para além de uns oficiais da Associação GT, encontrei uma silhueta familiar: uma figura baixa e com o cabelo preto e bagunçado.
Quando ela se virou... eu apercebi-me: era a Grace, que tinha corrido contra mim no evento de Drag em L.A! Isso era só poderia ser muito mais que uma mera coincidência...

Grace - "Oh meu deus, olha quem está aqui! Razz É o lerdo de L.A!"
Noland - "...Grace?"
Grace - "Sim, sou eu. Bom dia, desculpa mas eu esqueci o seu nome."
Noland - "...Noland."
Grace - "Ah sim! Engraçado, esse era o nome do meu cão quando eu tinha 6 anos. lol! "
Nick - "Então, foi essa a gúria que te fez comer pó ontem? Laughing
Noland - "Gente... vão todos se censurado Neutral "
Grace olhou irritada para Nick e começou a gritar com ele.
Grace - "Pra começar, que censurado de vocativo é esse? "Gúria"? Não me dou por isso."
Enquanto isso, ele olhava confuso e poderemos dizer um pouco amedrontado para ela, enquanto esta continuou.
Grace - "Sim, eu fiz comer pó ao seu amigo, mas isso não é vergonhoso para ele só por eu ser mulher. Você é um machista opre-"
Nick - "Ah cala boca!"
Parecia que se criava um conflito entre eles, então eu (na pior das minhas ideias) decidi intervir.
Noland - "Nick, pare, você está sendo pouco tolerante, eu não sei o que-"
Nick - "Censurado, você também agora é? Vai se virar contra mim? Vem tudo contra mim agora? Ah censurado que pariu!"
Grace - "Parem! Evil or Very Mad "
Depois do seu grito predominou o silêncio por alguns segundos, até que voltei a intervir:

Noland - "Então... vamos correr?"
Depois de um pouco de silêncio, eu repeti a pergunta, à qual recebi finalmente uma resposta.
Nick - "Por mim tudo bem... quem vai primeiro?"
Grace - "Eu!"
Mas antes que a Grace pudesse pronunciar essa palavra já estava eu dentro do meu Subaru e pronto para o meu contrarrelógio. Nick tinha prometido na noite anterior que, quem fizesse o pior tempo entre os dois compraria uma modificação ao outro, que estaria à escolha do vencedor. Então é melhor me empenhar pois não quero perder mais dinheiro! Vai que ele ainda pede por uma coisa muito cara e que eu verei meu papel voar?


Acelerei pela saída dos pits e comecei o contrarrelógio. Nick falou para mim pelo microfone da área de serviços:
Nick - "O tempo já está contando. O tempo já está contando. Ei, você me ouve?"
Dei um suspiro.
Noland - "SIM NICK EU TE OUÇO PODE CALAR A BOCA QUE EU JÁ SEI QUE O TEMPO ESTÁ CONTANDO."
Nick - "Puxa, Noland! Estás usando uma tecnologia de comunicação do século XXI, não é preciso gritar..."


Um segundo emissor entrou na comunicação pela altura em que eu estava nas curvas em S.
Grace - "Nolly, você está alvejando que tempo?"
Noland - "Primeiro... não me chame de "Nolly", por favor. Rolling Eyes "
Chega de apelidos ridículos para uma vida inteira...
Noland - "Já respondendo à sua pergunta... se eu for para a casa dos 1'20 eu me contento."
Nick - "E você, Grace? Vai bater seu recorde de 3'00 com um tempo magnífico de 2'59? Laughing "
Esses dois...


Então eu simplesmente avancei, enquanto era possível ouvir alguns bocados da discussão pelo microfone - não muito uma vez que não estavam falando diretamente para ele, mas percebiam-se algumas palavras do tanto que eles gritavam.
Nick - "Vergonha...desaparece!"
Grace - "Cala-te...farta...ignorante!"
Noland - "Credo... que traumático."


Noland - "Estou chegando perto do checkpoint. Podem me dizer quanto tempo eu demorei até agora?"
Mas não era possível ouvir nenhuma resposta.
Noland - "...Oi?"


Quando eu já ia subindo a segunda parte do percurso, eu ouvi o Nick falar pelo emissor.
Nick - "Ah Noland, você está subindo a segunda parte do percurso."
Noland - "Parabéns Sherlock! Rolling Eyes Eu queria é que me tivesse dito o tempo naquela parte do percurso."
Nick - "Ai se preocupa não que a escrava tá apontando tudo."
Isso causou outra discussão que eu nem me dei ao trabalho de ouvir.


Estava me aproximando da chicane, sem duvida o highlight do circuito e a parte onde aconteciam os melhores e os piores momentos. Nessa chicana tive eu o meu primeiro acidente com o Subaru há 2 anos atrás... Felizmente não foi muito grave e teve conserto.


Depois de passar pela chicana eu segui para a última curva e ia me dirigir aos pits.
Noland - "Quase lá..."

Quando cheguei aos pits, eu esperava ver o Nick e a Grace discutindo na área de serviços, mas eu só encontrei a Grace. Primeiro pensei que o Nick tivesse ido à casa de banho ou algo assim, mas depois vi que o carro dele não estava lá e decidi questioná-la.
Noland - "Onde está ele?"
Grace - "Ah ele estava irritado comigo, então ele disse que ia começar a volta já. Já agora, seu tempo foi de 1'31.076, obrigado por perguntar."
Noland - "Bosta... por pouco eu conseguia bater 1'30..."
Grace - "E lá vai ele!"
Desviando o meu olhar para a saída dos pits vi o Mustang amarelo a sair em direção à primeira curva.


Ouvi o Nick a falar sozinho pelo emissor, numa forma de "dar forças" ao Mustang.
Nick - "Vamos, cavalo sobrealimentado! A gente consegue facilmente bater o recorde do Noland..."
Noland - "Não pensas noutra coisa agora, Nick?"


Parecia que o Nick não estava a prestar muita atenção ao que estavamos a dizer através do emissor... ele estava muito concentrado na condução.
Queria mesmo bater o meu recorde.


E ele acelerava cada vez mais, ele atravessou as curvas em S a uma velocidade incrível quase sem precisar de travar e parecia que tinha o mesmo objetivo na curva grande logo em seguida.
Grace - "Ótimo contrarrelógio, pena que ele seja ignorante mesmo."
Noland - "Você precisa dar uma chance pra ele..."


E conseguiu! Ele efetuou a curva a uma velocidade inacreditável. O tempo dele ia ser obviamente melhor que o meu e eu ia perder. Rolling Eyes


Nick aproximava-se do checkpoint e, como eu previ, perguntou o tempo.
Nick - "Quanto tempo vou agora?"
Grace - "Hm, vejamos, é assim, seu tempo atualmente é de 0'-"
Virei-me para a Grace sussurrando:
Noland - "Shhhhhh! silent Cala-te."
Tornei a voltar-me para o Nick via emissor.
Noland - "Atualmente você leva um tempo de 2 minutos."


Nick - "Eu obviamente não vou acreditar nisso. Rolling Eyes "
Enfim... acho que a risadinha me denunciou.


O controlo e a velocidade do Mustang estavam ótimos, tão bons que até a chicana ele conseguiu atravessar a uma velocidade rápida!
Noland - "Não tenho chances, é melhor eu ir perguntando já qual a modificação que queres que compre."
Nick - "Afinação do motor nível 3... pode ser? Laughing "


O contrarrelógio surpreendente de Nick acabou e ele voltou para os pits, onde me encontrou a mim e à Grace.
Nick - "Então, qual tempo?"
Grace - "1'29.166"
Noland - "Nossa viu, que diferença de nada! Achei que ia ser algo super rasgador, chocante... não foi nada de mais..."
Nick soltou um riso.
Nick - "Ué, pelo menos bati o recorde de 1'30, não é?"
Suspirei.
Noland - "Pelo menos isso... Rolling Eyes "
Grace se levantou e me deu o cronómetro.
Grace - "Registe o tempo. É a minha vez!"

Ela rapidamente entrou no seu Z8 e saiu pelos pits fora sem dizer mais nada, iniciando assim o contrarrelógio.


Noland - "E... está contando."
Grace - "Ótimo. Quero pelo menos bater o seu recorde, porque se eu fizer mais do que isso fica tenso... What a Face "
Gente, o que eu fiz para sofrer isso? confused


Grace - "Preciso ter cuidado... meu Z8 pode perder o controlo nas curvas em S."
Noland - "Sem medo Grace, já me aconteceram coisas piores."
Grace - "Mas eu tenho medo em especial dessas curvas, você não entende..."


Com a velocidade a que ela ia na curva grande, eu não diria que ela estaria fazendo um tempo pior que o de Nick.
Nick - "Bota logo uns segundos a mais no tempo dessa vaca..."
A sua preocupação entendia-se na sua fala.
Grace - "Eu ouvi isso! Evil or Very Mad "


Depois, ela atravessou o checkpoint.
Grace - "Me diz o tem-"
Nick - "SEIS MINUTOS!"


Ela estava agora a percorrer a segunda metade do circuito para lá do checkpoint, com um tempo razoavelmente bom e provavelmente melhor que o meu. Rolling Eyes
Grace - "Agora para a chicana..."


Mas ela não travou a tempo! Provavelmente os nervos e a pressão que ela exerceu em si mesma antes da curva causaram isso... E não era só o pior! Ela acabou batendo numa das paredes depois de perder o controlo fora do percurso.
Grace - "Socorro! No "


O carro dela acabou por patinar para o meio do percurso de novo, dessa vez ele manteve-se imóvel e ela falou pelo emissor que se estava sentindo mal, mas depois ela fez um som que pareceu de vómitos! Isso me deixou preocupado.
Noland - "Grace!"
Nick - "Estou até sentindo remorsos... é melhor irmos ver se ela está bem."
Noland - "Espere um pouco, vamos aí."

__________
Então, o que acharam do novo capítulo?
Será que o Nick e a Grace irão dar-se melhor um dia?
Ou terão para sempre essa relação de amizade-inimizade?


ATENÇÃO
Bom como devem saber, para essa história eu decidi ter a certeza que a parte seguinte de um capítulo já está pronta antes de publicar qualquer coisa.
Portanto, só para avisar com antecedência, eu vou precisar de alguém para gravar uma parte de um capítulo desta história.
O carro que têm de utilizar é um Plymouth AAR Cuda 340 Six Barrell '70, da cor que quiserem.
De preferência, o carro deve estar tunado em volta dos 570 PP; pode ser mais ou menos do que isso, desde que não ultrapasse de preferência os 590 ou seja abaixo de 550.
Dentro das modificações instaladas coloque pelo menos um Sobrealimentador. Não altere nada no visual, deixe apenas a cor original.
De preferência esse fim de semana (sexta ou sábado; tenho incertezas quanto a domingo). A hora depois eu marco dependendo da localização da pessoa.
Agradeço a quem ajudar! O nome aparecerá nos créditos dessa parte do capítulo.
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  Pedro em Qua Dez 10, 2014 3:52 pm

Acerca do Cuda, quando eu tiver o meu PS3 arranjado, vou dar-te uma ajudinha... Só poderei ter o meu PS3 arranjado provávelmente, mas os meus pais já estão a tratar disso...
avatar
Pedro
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 740
PSN ID : Várias


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CHAPTER I "QUARTET FOREPLAY" (PART IV)

Mensagem  G-Sports em Qua Dez 10, 2014 7:42 pm

AVISO: Tem muito texto para ler essa parte!

Subúrbios de Los Angeles, Califórnia
7 de dezembro de 2014, 12h30


Hoje em Apricot Hill não foi um dia bom. Não fiz um bom tempo... o Nick e a Grace discutiram muito... e a Grace ainda teve um acidente e ficou com vômitos. Pelo menos, ela não tinha sido ferida gravemente e o seu carro não tinha muitos danos, e os poucos que tinha seriam facílimos para reparação. O Nick consertaria em 3 minutos e ela poderia correr no dia seguinte. Agora eu e ela tínhamos ido a um café ali perto do circuito enquanto o Nick ia buscar um reboque para o Z8 da Grace, que estava estacionado perto do estabelecimento.


Uma mulher lá fora olhava para o carro. Sentada dentro do café, Grace fazia o mesmo mas com uma expressão de indiferença na cara.
Grace - "Mas você acha seguro mandar o seu amigo reparar o meu carro? Ele parece odiar-me."
Noland - "Não, está seguro. O trabalho do Nick não é afetado por outros fatores. Além disso, ele sentiu remorsos quando você bateu o carro."
Grace suspirou.
Grace - "Ai como eu pratiquei tanto para a corrida de amanhã, eu queria correr... Crying or Very sad "
Noland - "Ai não chora Grace! O carro está pronto hoje à noite. Moras onde?"
Grace - "Bom, eu moro apenas uns metros abaixo daquele parque onde estivemos correndo ontem."
Noland - "Isso é ótimo! Very Happy "
Grace - "Hmmm... porquê?"
Noland - "Porque eu e o Nick também moramos lá perto. Isso significa que há 100% chance de teres o teu carro de volta hoje! Wink "
Grace libertou-se das preocupações e brotou um sorriso aberto.
Grace - "Ainda bem! Very Happy Mas a oficina do Nick também fica lá perto?"
Noland - "Bom, na verdade a oficina dele é a nossa garagem!"
Grace parou de rodar o menu do café quando eu disse isto.

Grace - "Você tem uma oficina na sua garagem?"
Noland - "Minha garagem é grande e ótima! Ela tem uma área grande e organizada onde eu posso estacionar a minha coleção colossal de carros, enquanto o Nick fica com a outra área que serve essencialmente de oficina e estação de serviços. Rende uns trocos esse sistema!"
Grace parecia interessada na história.
Noland - "Bom, na verdade por vezes ele é chamado para consertar ou afinar os carros a domicílio, mas até agora ele ainda não arranjo um espaço separado para abrir uma oficina."
Grace - "Isso me lembra o meu avô. Pouco me lembro dele pois ele morreu quando eu tinha 7 anos, mas antes disso eu sei que ele tinha uma oficina e estação de serviços perto de nossa casa! Não lembro nada de ir lá, mas tenho a certeza que ele era apaixonado por automóveis também."
Noland - "Bom, e o que é feito da oficina hoje em dia?"
Grace - "Não é mais uma oficina, agora abriram um parque de estacionamento público no lugar. É um tanto pequeno, mas é gratuito e portanto as pessoas estacionam lá, arranjam para lá um lugar."

De repente, a empregada do café aproximou-se da nossa mesa.
Empregada - "Bom dia senhores, em que poderei ajudar?"
Noland - "Eu quero um café quente. Muito quente mesmo, pois está esfriando."
Grace - "P-pode ser um café quente também, e quero umas torradas junto por favor."
A empregada anotou tudo numa agenda, da qual arrancou a folha onde o tinha escrito e dirigiu-se ao balcão.
Empregada - "Dois cafés quentes e umas torradas para a mesa 7, a sair!"
À medida que a empregada foi se afastando sussurrei para Grace.
Noland - "Estamos nos Estados Unidos. Porque você acabou de pedir uma torrada? Neutral "
Grace - "Ah, nossa, vou já mudar o meu pedido! Quero 2 Big Macs um com picles sem picles, um hotdog com chilli, 3 refrigerantes e para finalizar posso até beber um Starbucks. Rolling Eyes "
O seu sarcasmo forçado e exagerado manteve-me em silêncio por um momento.
Noland - "Pronto, tudo bem, já não está cá quem falou..."

Grace olhou para o exterior enquanto passava um Toyota Yaris.
Grace - "Você acha que o Nick realmente sentiu remorsos por eu ter batido?"
Noland - "Tenho a certeza... Sabe, ele tem esse lado ruim de ser um pouco preconceituoso. Mas ele é uma ótima pessoa, tirando isso é claro."
Grace - "Sendo machista opressivo, para mim já não vale a pena."
Noland - "Ai não usa a expressão "machista opressivo"... Isso até faz parecer que ele te prendeu em cativeiro."
A empregada voltou com os nossos cafés, e as torradas de Grace.
Empregada - "Aqui têm, obrigado! A menina é muito britânica. cheers "
Grace olhou para a empregada com cara de confusa.
Grace - "Aff... só porque eu quero torradas? Suspect "
Noland - "Eu te avisei."
A empregada então afastou-se, enquanto eu e Grace abríamos os nossos pacotes de açúcar (da forma errada, pois ninguém se lembra de abrir isso da "forma correta") e misturava-mos na nossa bebida.
Noland - "Então a semana passada, Domingo. Viu a corrida em Mount Panorama na televisão?"
Grace - "Corrida?"
Noland - "Sim! Você não viu? Foi incrível! Aquele piloto que tem um nome difícil de pronunciar que eu sempre esqueço, bateu na antepenúltima curva da última volta e perdeu uma potencial vitória... enquanto isso o Jack Clarkson venceu! Smile "
Jack Clarkson chega a lembrar Jeremy Clarkson, não é? Não, não foi inspiração
Grace - "Mas como assim? Shocked Que corrida foi essa? Quando deu? Suspect "
Noland - "Foi a GP de Bathurst no dia 30 de novembro! Passou no Motograph cerca das 21h."
Grace - "Ai desculpa não pude ver... Essa noite eu fui ao cinema com o meu amigo Anthony."
Soltei um risinho sacudido.
Noland - "Amigo, sei... Laughing "
Grace - "Sabe nada mesmo, até porque ele não gosta de mulheres!"
Noland - "Ah, seu amigo é gay então!"
Grace - "Ai jura? Rolling Eyes "
Noland - "E ele corre?"
Grace deu mais um gole ao seu café antes de responder.
Grace - "Sim. Bom, quer dizer, mais ou menos. Ele não é um corredor profissional e nem afina vários carros. Ele só ficou um pouco interessado porque me acompanhava a trackdays quando éramos mais jovens. Ele é mais novo do que eu um ano, por isso eu corri antes dele mesmo ter tirado a carta!"
Grace mordeu uma das suas torradas estaladiças antes de continuar.
Grace - "Conheci ele porque ficou na mesma sala do que eu quando eu repeti o sexto ano."
Entalei-me e cuspi um pouco do meu café, depois voltei-me rapidamente para ela.
Noland - "Repetiste o sexto ano? Laughing "
Grace - "Sim... É uma longa história. Rolling Eyes Vamos lá. Então em finais de 2000 quando eu estava a começar o sexto ano devidamente, a minha mãe tinha se mudado para L.A há pouco tempo e estava passando por problemas. Ela tinha problemas com drogas e nem cuidava direito de mim, então em inícios de 2001 tive que ir morar com a minha tia enquanto a minha mãe ia para reabilitação... E isso causou um grande impacto em mim. Eu não estudava, não tinha amigas, ficava triste o tempo todo. Não queria fazer nada, e por isso eu não fui admitida para o sétimo ano. Crying or Very sad "
Grace mordeu a torrada novamente enquanto eu acenei com a cabeça.
Noland - "Entendo..."

Então ela teve uma reação repentina com a cabeça e fez uma expressão facial de choque.
Grace - "Ai mas porque eu te conto isso? Vais troçar de mim..."
Noland - "Repetir o sexto ano... Laughing "
Grace - "Tá... pelo menos não sou uma lerda em eventos de drag."
Enquanto ela disse isso, vimos um camião de reboques chegar e estacionar perto do café. Era o Nick! Ele saiu do veículo e entrou pelo café dentro, dirigindo-se diretamente à nossa mesa.
Nick - "Pois boa tarde."
Noland - "Bom dia. Ainda não almocei."
Nick ficou calado por um momento.
Nick - "Pois boa tarde. Grace, preciso das chaves do Z4."
Grace - "É um Z8."
Nick - "Que seja! Passa as chaves."
Grace colocou a mão dentro da sua mala e retirou as chaves do seu veículo, entregando-as a Nick que iria reparar o seu carro para aquela noite.
Noland - "Bom, na verdade também já estávamos quase de saída, não é Grace?"
Grace - "Sim, estámos mesmo. Só preciso ir pagar, espere."
Nick - "Pois eu vou indo. Até mais! Cool "
Enquanto apertei a mão de Nick, Grace tinha ido à fila do balcão do café pagar a nossa refeição. Aproximei-me dela.
Noland - "Olha, eu pago tudo."
Grace - "Não, não! Eu pago tudo. Você já me deu dinheiro para pagar de qualquer forma Razz "
Noland - "Pois muito bem..."
Depois de ter pago os cafés e os pãezinhos aquecidos britânicos...
Grace - "Chama eles de torradas, censurado!"
...depois de ter pago os cafés e as torradas, fomos em direção à porta e saímos do estabelecimento.

Grace - "Bom, só que agora o meu Z8 não está aqui."
Eu aproximei-me e apoiei o meu braço no ombro de Grace.
Noland - "Não se preocupe! O meu Subaru está ali no fundo da rua, é só descermos um pouco. Eu te levo de volta para L.A! Very Happy "
Grace - "Por mim tudo bem, lerdo. Desde que eu volte para casa... Rolling Eyes "
Noland - "Para com isso, eu não sou ler- censurado que pariu, o Michael Jackson morreu? Não pode ser! No "

__________
O que acharam desta parte do capítulo 1, cheia de texto e algumas coisas sobre o passado e presente das personagens?
Vocês estão curiosos para saber como vai correr a corrida?
Então não percam a parte final do Chapter 1, a Part V!


Por favor, leiam o AVISO que está no final da Part III.

Pedro escreveu:Acerca do Cuda, quando eu tiver o meu PS3 arranjado, vou dar-te uma ajudinha... Só poderei ter o meu PS3 arranjado provávelmente, mas os meus pais já estão a tratar disso...

Poderás ter o teu PS3 arranjado antes de sábado? É necessário que corramos no sábado.
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  Pedro em Qui Dez 11, 2014 11:52 am

G-Sports escreveu:[b][size=18]AVISO:
Poderás ter o teu PS3 arranjado antes de sábado? É necessário que corramos no sábado.

Infelizmente, não poderei ter o meu PS3 arranjado antes de sábado... Crying or Very sad
avatar
Pedro
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 740
PSN ID : Várias


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" (PART V)

Mensagem  G-Sports em Sex Dez 12, 2014 7:16 pm

Gente, eu peço imensa desculpa! Eu prometi que ia publicar uma parte por dia, mas ontem infelizmente eu não pude postar a Part V. Então aqui está ela agora!


Subúrbios de Los Angeles, Califórnia
8 de dezembro de 2014, 11h30


Luke Wilson.
Repito: Luke Wilson. O indivíduo mais irritante que alguma vez colocou os pés na terra. E que ainda por cima coloca as rodas no asfalto - ao longo de todo esse tempo morando em L.A ele já se tornou meu arqui-inimigo, inicialmente apenas de corridas mas mais tarde de tudo. Ele tem esse ódio por colecionadores de carros por natureza, e outras coisas que envolvam comprar carros, porque segundo ele "cada carro tem o seu valor" e "não devem ser tratados como objetos". Quer dizer, oi? Os carros são objetos!

Luke - "Você de novo? Não pode ser..."
Noland - "Ai não pode? Então é estranho porque eu não vi nenhuma regra no regulamento da corrida que me proíbisse de entrar..."
Luke - "Não proíbe você mas devia proibir a sua ignorância! Tanta gente sem um carro sequer e você com uma garagem cheia..."
Noland - "Então? Você está querendo que eu simplesmente ofereça o que eu paguei para ter? Rolling Eyes "
Grace aproximou-se.
Grace - "Afasta-te desse idiota! Ele não é boa companhia... Wink "
Noland - "Você conhece o Luke?"
Grace - "Licença, eu estou falando com o Luke tá?"
Mas como assim? confused
Noland - "Grace, não me diga que você se dá com esse babaca..."
Grace - "Não mesmo, mas eu tenho respeito pela população alheia e não quero que ele vire um lerdo à toa..."
Noland - "Tá então, espera só a corrida para você ver o lerdo..."
Grace riu e voltou-se para mim de novo.
Grace - "Pelo menos o meu Z8 está ótimo! E eu não estou a começar a corrida no último lugar... Laughing "
Noland - "U-ultímo? Shocked "
Grace abanou a cabeça para afimar.
Grace - "Olha ali. Arrow "
Olhei para o monitor que mostrava a grelha de partida e eu realmente estava em #12, ou seja, último lugar! Grace começava em #4, Luke em #3 e Nick em #1.
Noland - "Logo o Nick que fez o melhor tempo no contrarrelógio vai largar em primeiro..."
Luke - "Pode bem ser assim à partida, mas pode crer que eu vou acabar em primeiro!"
Noland - "Vai? Como? Confiando no "valor único" do seu carro é? Rolling Eyes "
Luke olhou com raiva para mim e disse alguma coisa que eu não entendi - mas estava sendo dramático como sempre. Entretanto, chegou Nick.

Nick - "Então, você está pronto? Falta pouco tempo para começar."
Noland - "Claro! E com essa grelha de partida você vai ganhar..."
Nick - "Mano, quem disse isso? Você consegue terminar pelo menos em #4..."
Noland - "Não sei... tem dois muscle cars no topo logo, você vai sim ter competição!"
Nick - "Ah não, o tipo do Charger? Esse tem um pé de moça, nem tem força para puxar o carro..."
De repente fomos chamados à linha de partida - depois de uma volta de aquecimento a corrida iria começar.


A corrida ia começar, e eu estava em último lugar como estava descrito na grelha. Acreditava que ia ser uma corrida difícil olhando para a competição.
Noland - "Alguém me ouve?"
Nick - "Tudo sim."
Grace - "Positivo!"
Noland - "Você está grávida, Grace?"
Grace - "O quê? Não, eu só estava a dizer positivo, é uma forma diferente de dizer sim sabe, ent-"
Noland - "Tá, então. Viu que já está na primeira curva sim?"


E na primeira curva eu ultrapassei de imediato o carro em penúltimo lugar - o que não é nenhum mérito, até porque geralmente em todas as corridas há um carro que fica para trás muito facilmente.
Condutor do Skyline - "Misericórdia!"


Noland - "Cuidado gente!"
Os carros na minha frente tinham passado a curva tão por dentro que acabaram por levantar poeira para o meu carro... tapando completamente a minha visão! Era apenas a primeira volta e eu já estava enfrentando alguns problemas de visibilidade...


Na curva seguinte, vi-me na traseira de um 370Z e de um GT-R R34 roxo. Achei que ainda poderia ultrapassar esses aí nessa volta, com alguma sorte e cuidado.


Condutor do 370Z - "Mas o quê?! affraid "


Entretanto, o condutor do R34 planeava o seu próximo passo.
Condutor do R34 - "Todos estão ultrapassando o Jaguar... eu também conseguirei. Smile "


Então posicionei-me imediatamente atrás do Skyline, planeando ultrapassá-lo na próxima curva e garantindo o 9º lugar.
Noland - "Oi? Eu estou aqui! Razz "
Condutor do R34 - "Como?! Shocked "


Na chicana, ultrapassei-o, e ele tentou cortar por dentro na saída para que me ultrapassasse, mas não deu certo para ele e acabou por perder tempo.
Condutor do R34 - "Censurado!"


Nick - "Noland? Desgrace? Eu acabei de passar para a segunda volta!"
Grace - "Ai muito bem! Já que tá pegando com a letra D, poderia colocar uma no lugar do N no seu nome e..."
Nick interrompeu-a.
Nick - "Não. Neutral "


No início da reta, o Jaguar ainda estava um pouco longe de mim, mas foi só uma questão de tempo até eu me aproximar e ultrapassá-lo na primeira curva após apanhar o seu cone de ar. O piloto falou para o emissor e percebi pelo sotaque que ele era britânico.
Condutor do XKR - "Oh lorrd! É o carro do último lugarr! No "
Noland - "Anda cá amiguinho... What a Face "


Noland - "OH LORRRRRRRRRD! lol! "
Claro que há sempre casos onde não amassar o carro é mais importante do que ganhar a corrida, então o Brrrritish desacelerou para que eu passasse sem encostar no seu treasure.


Daquele lugar, eu já conseguia avistar Nick, Grace, Luke e o outro condutor no Charger, mas o idiota do ZZ na frente tinha que cair na desgraça de me atirar mais areia para o carro e censurado completamente com a minha visibilidade.
Nick - "Anda Noland! Exclamation "


Então na reta do pneu todos ficamos perto uns dos outros menos Nick que mantinha a liderança. Eu ultrapassei o ZZ-S enquanto Luke ultrapassou o Charger "pé de moça". E a Grace estava quase para o ultrapassar também, enquanto eu chegava perto dela!
Noland - "Estou aqui, Grace! Very Happy "
Grace - "L-ler- digo eu, pseudo-lerdo?! cyclops "


Então foi o momento em que eu e ela ultrapassámos o Charger "pé de moça" em conjunto, na curva intermédia do circuito.
Condutor do Charger - "M-mas como? Um por fora, outro por dentro?! confused "
Eu e Grace rimos em conjunto.


Grace era a próxima vítima e eu estava pronto para arranjar alguma forma de a ultrapassar.
Noland - "Pronta para perder? Wink "
Grace - "Haha... Laughing não é bem assim comigo. Lembra de sábado?"
Noland - "Claro que lembro... e que tal tentarmos agora num circuito com curvas?"


Se bem que as chicanas não foram meu ponto forte - a Grace ainda conseguiu manter a liderança por algum tempo lá. Mas na última curva do circuito, onde eu estava me dirigindo à terceira e última volta, eu a ultrapassei!
Grace - "Censurado! Por fora?! affraid "
Noland - "Ok, faltam dois!"


Nick e Luke já estavam na primeira curva da última volta, Nick na liderança enquanto Luke o perseguia de perto, mas perdendo o fôlego lentamente.
Luke - "Talvez eu esteja puxando demais... Neutral "
Nick - "Sai logo daí, censurado! Mad "


Luke - "Você aqui? Suspect "
Noland - "Sim, e estou só de passagem. Tchau!"
Luke - "Não... eu não deixarei."


Mas não foi bem assim - eu realmente ultrapassei ele algumas curvas depois, mesmo ele tentando ao máximo me bloquear.
Noland - "E fiquei muito tempo! Rolling Eyes "
Luke - "Oh não! Embarassed "


Então na próxima curva eu colei-me na traseira do Mustang amarelo.
Nick - "Eu sabia que você ia conseguir chegar aqui! Smile Agora vamos ver quem ganha!"
Noland - "Pois tenha cuidado!"
Na verdade estava duvidando quanto à minha vitória contra Nick, pois o Mustang dele estava realmente muito rápido. Eu já não tinha a certeza se ia conseguir ultrapassar mais algum carro.


Num certo ponto, fiquei quase frente a frente com ele...
Nick - "Vamos! Isso não dá mais? Cool "
Noland - "Eu... estou... tentando! bounce "


Nick - "Parece que não foi dessa... Very Happy "
O meu carro não acelerava tanto nem tão rápido quanto o dele e acabou por perder algum avanço. A minha última esperança agora era a chicana.
Noland - "Não me desaponte... pale "


E ultrapassei-o na chicana: cheguei a colocar duas rodas fora da pista enquanto passava por dentro da linha... mas pelo que parece isso vale, porque não tive nenhuma penalização.
Noland - "Isso vale? Laughing "
Nick - "Ah... você conseguiu. Smile "


E estava eu me dirigindo à reta final - já não tinham eles mais chances de me ultrapassar, a minha vitória estava basicamente garantida.
Nick - "Não vou conseguir chegar a primeiro. Melhor defender meu segundo lugar! Neutral "
Luke - "Vamos! Ultrapassa pelo menos esse!"
Entretanto, Grace vinha um pouco mais atrás de Luke e falou para mim pelo emissor.
Grace - "Mas você vai em primeiro?!"


E cortei a meta em primeiro lugar, enquanto o Organizador da Associação GT agitou a bandeira à minha passagem! Isso significava vitória!
Nick - "Bom trabalho Noland! Very Happy "
Luke - "Para a próxima eu consigo... Neutral "
Grace - "Assim sim... estou impressionada. Wink "

Isso não seria certamente a minha primeira vitória, já ganhei várias corridas antes. Mas essa vitória soube muito melhor que todas as outras. Talvez por a Grace se ter sentido impressionada, talvez por ter vencido o Luke. Ou mesmo por ter vencido o Mustang envenenado do Nick... Não sei. O que sei, é que 10.000$ já são meus! king

__________
E assim termina o Capítulo 1 da história!
O que acharam da corrida? Por favor comentem aí!
E não percam o Capítulo 2,
"Powerhouse"
que está previsto para ser começado no dia 15 de dezembro.


Sobre o aviso da Part III, tenho uma coisa a declarar:
Não vai mais ser necessário ajuda online, eu irei rearranjar os eventos desse capítulo para que possam ser realizados sem ajuda do modo Online. De qualquer forma agradeço por terem se empenhado para tentar ajudar, e por favor continuem a tentar num futuro próximo.
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CHARACTER BIOGRAPHIES

Mensagem  G-Sports em Ter Dez 16, 2014 5:31 pm

Bom, lá estou eu não cumprindo datas de publicação, mas como tem pouca gente (pouca mesmo) lendo isso eu acho que não importa. Enfim, então é assim: eu não escrevia essas biografiazinhas há muito, muito tempo. Portanto, decidi voltar com um sistema de biografia mais completo e sofisticado do que antes após observar alguns formulários no GTPlanet ou em outras formas de história mesmo.
Bom, aqui vai... e serão adicionados outros consoante a história vai progredindo, além de serem adicionados carros após serem revelados.


CHARACTER BIOGRAPHIES





Noland Edgeworth
Nascido:
15 de agosto de 1989 (25 anos)
Atlanta (Georgia), E.U.A.
Características:
1.83m
79kg
Cabelo castanho, curto e um pouco ondulado(?) e olhos castanhos e abertos. Ele tem barba muito curta, que quase não se repara.
Licença:
Licença IB
Preferência de Veículo:
Carros 4WD, preferivelmente Japoneses (Lancer, ou Evo)
Em termos de visual ele prefere simples e desportivo, muitas vezes deixa o original
Preferência de Circuito:
O seu circuito local é Apricot Hill.
Suzuka Circuit é o seu circuito preferido, mas ele só foi lá apenas uma vez.
Gosta:
Alargar a sua vasta coleção de carros
Música eletrônica (de preferência não sobre-produzida)
Livros e filmes de ação
Comida Italiana
Não Gosta:
Perder/ficar sem dinheiro
Gente idiota e sem fundamentos
Cebola
Aqueles que o deixam nervoso ou irritado por motivos estúpidos
O seu transtorno obsessivo compulsivo
Personalidade:
Apesar de poder ser uma pessoa bastante simpática ou generosa, preocupando-se com os seus amigos mais chegados, Noland pode ser um pouco seco ou egoísta quando o assunto é dinheiro ou os seus carros.
Biografia:
Primeiro filho de uma mãe modelo e de um pai mecânico, Noland sempre foi mais chegado ao seu pai e sempre o ajudou a reparar carros, o que despertou o seu interesse em veículos. Ele sonha em ter na sua garagem todos os carros que ele via em revistas, exposições ou com os quais jogava nos video-jogos ou tinha em miniatura quando era criança. Aos 18 anos tirou a Licença B e começou a frequentar circuitos de corrida, participando em track days ou outros eventos de pouca importância para ganhar algum dinheiro. Em fevereiro de 2011, com 21 anos, mudou-se para L.A. com o seu melhor amigo de infância Nick Skinner.
Curiosidades:
Noland foi à sua primeira exposição de carros quando tinha apenas 4 anos, ao Chicago Motor Show de 1993.
Uma das suas principais metas da vida é ter um Alfa Romeo TZ3 Stradale na garagem, após ter visto um durante a sua estadia em Itália.
Ele odeia cebola, porque quando tinha 12 anos a sua mãe forçou-o a comer 20 cebolas inteiras como castigo por ter tirado uma má nota na escola.
Carros conhecidos:
Subaru Impreza Sedan WRX STi spec C Type RA '05
Nota: isso não são todos os seus carros, apenas os mostrados na história até agora. Dispenso este aviso nos próximos personagens.

Nick Skinner
Nascido:
20 de fevereiro de 1989 (25 anos)
Atlanta (Georgia), E.U.A.
Características:
1.93m
90kg
Cabelo castanho muito curto, pouco notável. Tem a pele escura. É muito alto, e musculado.
Licença:
Licença IB
Preferência de Carro:
Muscle Cars americanos são a sua preferência...
...principalmente se forem Mustangs!
Preferência de Circuito:
Laguna Seca
Laguna Seca
...Já mencionei Laguna Seca?
Gosta:
American Muscle
Comida rápida
Cerveja
Música Rock
Não Gosta:
Ferraris e carros semelhantes
Vegetais
Pessoas que desrespeitam a América
Pessoas desonestas
Personalidade:
Nick é uma pessoa absolutamente corajosa e brutal. Ele é o tipo daquele que gosta de qualquer coisa hardcore, mas perto do seu grupo de amigos chegados ou família, ele é um companheiro, sempre pronto a deixar os outros alegres e para cima. Ele é muito americano e tem sempre a certeza que representa o seu país.
Biografia:
Nick nasceu em Atlanta para pais que não tinham qualquer conexão com o universo dos carros ou corridas, mas o seu avô já tinha a paixão por carros American Muscle, o que acabou por ser passado para ele pois passava muito tempo com o avô mexendo nos carros. Conheceu Noland no terceiro ano, e os dois se tornaram melhores amigos, pois ambos gostavam de carros e passavam tardes em casa um do outro, a jogar Gran Turismo nos seus PlayStations. Nick gosta de passar as noites a reparar e afinar os seus carros.
Curiosidades:
Ele tem uma irmã gêmea chamada Janice, que é atriz e cantora.
Nick quase levou um tiro na cabeça quando tinha 4 anos. Não fosse pela sua inocência de criança, ele poderia não estar mais vivo.
Carros conhecidos:
Ford Mustang Boss 302 '13

Grace Moran
Nascida:
31 de outubro de 1989 (25 anos)
Miami (Flórida), E.U.A.
Características:
1.59m
54kg
Cabelo preto, médio e bagunçado. A sua pele é pálida e tem olhos verdes brilhantes. É baixa e tem um peso médio.
Licença:
Licença IB
Preferência de Carro:
Carros leves e ágeis
Preferivelmente conversíveis e um tanto exóticos
Preferência de Circuito:
Circuitos citadinos
Gosta:
Condução noturna
Pessoas confiantes
Música Hip-Hop
Cores escuras
Não Gosta:
Usar batom claro
Comer muita comida
Carros muito pesados
Personalidade:
Grace sempre foi um pouco rebelde, devido às dificuldades que passava com a sua mãe. Ela costumava ser completamente fora de lei quando criança, mas isso tornou-se um pouco mais ameno depois de ter repetido o 6º ano e ter ido morar com a sua tia. Ela raramente mostra o seu lado simpático.
Biografia:
Grace nasceu para uma mãe adolescente em Miami. Segundo a sua mãe, o pai fugiu antes dela nascer. Cresceu num ambiente pouco agradável, o que resultou na sua mãe mover-se para L.A quando ela tinha 9 anos. Devido aos problemas que a mãe começou sofrendo com dependência de drogas, teve que ir morar com a sua tia e acabou por repetir o 6º ano. Começou a interessar-se em corridas por causa do seu tio que morava em L.A. O seu emprego numa loja vende-tudo e o dinheiro que ganha das corridas sustentam-na atualmente.
Curiosidades:
Grace sempre desejou ter um MX-5 Miata para o seu primeiro carro - quando chegou o dia do seu 16º aniversário ela ganhou um Honda Civic, no entanto.
Ela já chegou fogo à sua casa quando tinha 15 anos e tentou cozinhar o jantar. O seu peixe de estimação morreu no fogo (Oi?)
Carros conhecidos:
BMW Z8 '01

Luke Wilson
Nascido:
1 de maio de 1989
Los Angeles (Califórnia), E.U.A.
Características:
1.85m
81kg
Cabelo acastanhado/loiro curto e direito e olhos castanhos e grandes. Alto e de pele caucasiana.
Licença:
Licença IB
Preferência de Carro:
Ele não tem uma preferência de carro.
De acordo com ele, não é um piloto que encontra o carro perfeito; é o carro que encontra o piloto perfeito
Gosta:
Os seus carros
Correr amigavelmente
Sushi
Música eletrônica (techno)
Não gosta:
Pessoas que odeiam carros por serem lentos
Matterhorn
Pessoas que apostam carros
Personalidade:
Percebe-se facilmente que, pelo menos à primeira vista, Luke é uma pessoa muito simpática, calma e que evita causar conflito. No entanto, no caso de conflito, ele pode tornar-se uma víbora venenosa pronta para atacar. (Essas metáforas...)
Biografia:
Luke nasceu em Los Angeles. Ele é o mais novo de três irmãos, e o único que não chegou a conhecer o seu pai. Tanto ele como os seus irmãos mais velhos tornaram-se pilotos de corridas, influenciados pelos eventos na sua infância que os interessaram em corridas. Luke principalmente foi influenciado pelo video-game Gran Turismo (obviamente) e por track days que passavam na televisão quando ele era adolescente.
Curiosidades:
Luke costumava odiar o Toyota Prius, até ter dirigido um e percebido que não era assim tão mau como todos diziam.
Ele tem um problema de crescimento desde a infância, o que causou que as suas pernas crescessem muito mais rapidamente do que o normal.
Carros conhecidos:
BMW M3 Coupé '07

Este post poderá sofrer alterações à medida que são introduzidas personagens.
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  Pedro em Qua Dez 17, 2014 11:46 am

Porquê o David Wilson (o pai de Noland) não está na biografia de personagens?
avatar
Pedro
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 740
PSN ID : Várias


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  G-Sports em Qua Dez 17, 2014 12:30 pm

Pedro escreveu:Porquê o David Wilson (o pai de Noland) não está na biografia de personagens?

Como assim?
Nunca referi que o David era o pai do Noland! Supostamente o pai do Noland teria o sobrenome Edgeworth e não Wilson.
Já agora, não o coloquei na biografia de personagens porque ele não é realmente uma personagem da história. Ele é mencionado no prólogo mas não intervém na história em si (pelo menos não por agora).

Quanto à Part I do Capítulo 2, acredito que sairá hoje na melhor das hipóteses. No entanto, é bastante provável que saia amanhã. Agora estou de férias, portanto, tenho mais tempo para escrever - apenas não esperem episódios no Natal ou na passagem de ano.
avatar
G-Sports
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 921
PSN ID : TLevin2000


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  Diehl em Dom Dez 28, 2014 8:07 pm

Quando será postada a próxima parte? Neutral
avatar
Diehl
Piloto de Stock Car
Piloto de Stock Car

Número de Mensagens : 466
PSN ID : pablodiehl


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  Pedro em Dom Set 13, 2015 12:20 pm

Quando a próxima parte será postada? O Complexo GT parece inativo...
avatar
Pedro
Piloto de GP2
Piloto de GP2

Número de Mensagens : 740
PSN ID : Várias


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DEAD IN MATTERHORN | CHAPTER 1 "QUARTET FOREPLAY" + CHARACTER BIOGRAPHIES [16/12/14]

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum