Que tal ajudar a colocar o primeiro piloto brasileiro na Ilha de Man?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Que tal ajudar a colocar o primeiro piloto brasileiro na Ilha de Man?

Mensagem  Diehl em Qua Abr 03, 2013 5:29 pm


Alguns leitores têm perguntado que fim levou a história Rafael Paschoalin, que planeja ser o primeiro piloto brasileiro a competir no Tourist Trophy, que acontece na lendária Ilha de Man. É o seguinte: o Rafa ainda é parceiraço nosso, e o sonho ainda está de pé. Mas ele precisa de uma forcinha.

O Tourist Trophy Isle of Man acontece há mais de um século. O circuito de rua compreende 60,7 km, nos quais os pilotos atingem em média 205 km/h, com picos de até 350 km/h. Se você acha Nürburgring difícil, pense de novo: desde que o TT começou a ser disputado, 237 pilotos morreram competindo. Isso dá mais de duas mortes por ano.

Então porque alguém iria querer correr na Ilha de Man? Porque o automobilismo é movido a desafio, e nada é mais desafiador do que o TT. Na entrevista que deu ao nosso editor-chefe Juliano Barata em 2011, Rafa foi sucinto: “não tenho uma história florida para contar a respeito disso. Simplesmente quero fazer, superar e voltar vivo.”

Mas não basta só querer. Uma empreitada deste tamanho requer recursos — financeiros, inclusive. Por mais que tenha uma equipe bem consolidada e alguns patrocinadores, a grana necessária para bancar a participação no Tourist Trophy é impossível de ser levantada sem ajuda — não estamos falando de uma equipe de fábrica, e sim de um cara que está correndo atrás de (um de) seus sonhos sozinho.


Assim, Rafa criou uma página no site de crowdfunding O Pote, que recolhe colaborações em troca de alguma recompensa relacionada ao projeto, dependendo do valor doado. Rafael não esconde os valores: para completar os mais de R$ 150 mil reais necessários para financiar sua ida à Ilha de Man, a meta do projeto é arrecadar R$ 66 mil. Até agora, mais de R$ 7 mil foram arrecadados – 15% da meta, e faltam ainda 45 dias para o fim das colaborações. Para cada valor, uma recompensa diferente é oferecida a quem colabora.

  • Colaborando com R$ 20 ou mais, você ganha um adesivo
  • Colaborando com R$ 80 ou mais, você ganha um protetor de tanque
  • Colaborando com R$ 130 ou mais, o presente é uma camiseta bem bacama com o traçado da Ilha de Man e a frase “I’m a sponsor”. Deve ser legal ser um sponsor…
  • Com R$ 130 ou mais, você também pode optar por um jantar para dois em um lugar bacana, o Vianna Bar
  • Colaborando com R$ 600 ou mais, o presente é um capacete LS2 personalizado bem estiloso
  • Colaborando com R$ 2 mil ou mais, você poderá participar de uma palestra sobre Road Racing, dada pelo próprio Rafael Paschoalin
  • Colaborando com R$ 6 mil ou mais, o presente é nada menos que uma credencial para a prova. Uau.
  • E, por fim, a colaboração de R$ 20 mil, voltada para empresas, oferece uma cota de patrocínio na moto de Rafael.


Falando na moto, ela merece uma citação à parte: trata-se de uma Ducati 1199 Panigale, dona do bicilíndrico mais potente da história: são 195 cv puxando 164 kg – ou seja: cada cavalo move cerca de 0,84 kg! Para entender um pouco melhor a motivação e a história do Rafael Paschoalin, assista a este vídeo feito pelo Bufalos TV:



Se você curtiu, se identificou e quer ajudar, acesse o Pote do Paschoalin e dê sua contribuição!





Fonte: Jalopnik Brasil.

Diehl
Piloto de Stock Car
Piloto de Stock Car

Número de Mensagens : 466
PSN ID : pablodiehl


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum